Isto de ler as notícias logo de manhã tem que se diga. Certo que o último anúncio do PM não são boas noticias, e decerto incompletas. É mais certo ainda que será muito, muito difícil para muitas pessoas. Mas certos comentadores e comentários desafiam a minha inteligência.
Especialmente aqueles que dizem coisas do género “que se lixe a troika” ou a “dívida não é nossa”… A dívida não é nossa??? …é de quem afinal? Não andámos todos durante décadas a usufruir de benesses que agora temos de pagar? Reclamaram nessa altura??? E agora que está na altura de pagar, ninguém quer?
A mim este tipo de comentário é como o tipo que vai comer ao restaurante e no final quer sair sem pagar a conta porque achou caro. Culpa dele se não viu o preço no menu. Já comeu e gostou, então agora que pague.
Entristece-me ver gente que, em vez de ter iniciativa e dar realmente propostas válidas que valorizem a nossa economia, venham antes incitar a greves e protestos, em que cada dia que o país pára apenas aumenta o buraco em que estamos… A realidade é dura, mas é mesmo assim.
O governo pode ainda ter muito que fazer para tornar as coisas mais justas, é certo. Mas o “povinho” pelos vistos, ou mete na cabeça que TODOS (sem excepção aqui) têm de dar o corpinho ao manifesto, ou então realmente, Portugal não sai da cepa torta.

Anúncios